12 agosto 2007

Cinema, filmes e bobagens.

E por que eu não falo de filmes, livros, músicas? Eu falo, às vezes, na verdade. E vou falar aqui. Mas é que disso todo mundo já fala nos blogs, né?! Além de que, eu sou péssima pra falar de filmes, por exemplo. Meu gosto é estranho, minha noção de cinema, pior. Por exemplo: Blow Up. Assisti esses dias e eu poderia falar confusamente que têm uma câmera muito boa que saca o que olhos da gente querem ver, e que acompanha nosso pensamento. E que, além disso, tem umas composições de cena muito legais, as cores e tal, como quando as duas meninas brincam no papel lilás do cenário fotográfico, cada uma com uma meia-calça de uma cor. E o final é surpreendentemente foda. Mas o filme em sí eu achei um saco, me deu sono. Esse negócio de “cult” não é comigo mesmo. Pra mim, aliás – e pra muita gente também – há uma diferença muito grande entre o cult e o intelectual, mas isso fica pra outro post. Daí eu penso, falo, escrevo sobre amor, paixão e sexo, que é o que acontece sempre. É o que todo mundo gosta, todo mundo quer. Além de umas coisinhas banais, né?

2 comentários:

theodoro disse...

ah tipo assim
eu gosto qdo escrevem de filme po =/
sacanaaaaaaaaaaaaaagi
mas o blog eh seu vc q manda gata
=*

Daniel Faria disse...

bom demais para o jornalismo :D