02 maio 2009

pra escrever agora eu sou meio covarde

É sábado e é madrugada. Eu estou no pc, msn ligado, escrevendo no blog. Anos atrás, eu pensaria que quem faz isso num sábado a noite é bobo, viciado em internet ou sem amigos. Ou os três. Na verdade, ainda penso isso, porque sei que guardo aqui comigo nesse meu mundinho da carolândia um punhado de preconceitos. Nada que fira alguém, mas são aquelas coisinhas que a gente encontra escondido - ou exposto em cada um. E que servem pra fazer piadinha. Coisa boba e saudável, enfim.
Mas, desta vez, apesar de eu ter passado o sábado em casa comendo pizza e chocolate, não posso dizer que me sinto uma nerd babona. A madrugada valeu a pena. Assisti "Perfume de mulher" e acho que quem já viu sabe que qualquer madrugada de sábado é digníssima quando se trata de Al Pacino dançando tango. Me arrancou lágrimas e suspiros.
E então, quando eu vejo uma coisa tão linda dessa, não me sinto no direito de vir a público com minhas histórinhas meia boca. Eu queria escrever, mas não posso. Além disso, este teclado adora rir de mim e libera os acentos quando quer. E come letras quando quer também. Sendo assim, limito-me a minha insignificância - e a minha efêmera nerdisse - e deixo aqui um presentinho. Um conto de um autor que gosto muito e de quem pouco ouço falar por aí: Ivan Ângelo.
Não é o conto que eu queria, mas é igualmente encantador. Procurei outros pela internet, mas o autor tem pouca coisa disponível no mundinho virtual. Quem tiver oportunidade, procure o livro "O ladrão de sonhos" e leia inteiro, com atenção para o conto "O lado de dentro da gaiola". Era esse que eu queria deixar por aqui. Meu preferido. Porém, a Internet não me fez feliz. Deixo então o "Meio Covarde"; uma delícia de ler. E agora chega. Sou uma nerd momentaneamente encantada com Al Pacino e sem mais palavras para o momento.

5 comentários:

Gabriel disse...

"Ladrão de sonhos", só pelo nome já dá pra saber que é bom. Tem um filme com esse mesmo nome , que por sinal também é bem legal. Sábado à noite é pra assistir filme msm...assisti O Orfanato...Cara é mto bom.

Gabriel disse...

Adorei esta postagem.
Na verdade, desde quando a vi, o título, no meu, sabia que boas palavras me esperavam.

agora, vou lá ler.
beijos!

Mauricio Toczek disse...

Melhor filme do Al Pacino, com certeza. Aquela música tema é demais!

VetAgro disse...

Al Pacino é muito bom!!
UUHHHAAaaaaaaa!!

Michele Matos disse...

Perfume de mulher substitui qualquer programa.